07.11.2019 | 11h:13
Tamanho do texto A - A+

MT fica com metade do previsto do pré-sal; Mauro reclama de desconfiança

DA REDAÇÃO

RAFAEL MACHADO

Mato Grosso vai receber metade do que estava previsto com o megaleilão da cessão onerosa do pré-sal, realizado na quarta-feira (06). A expectativa do Governo Federal era arrecadar R$ 10,6 bilhões, no entanto, dos quatro blocos que foram ofertados, a metade foi arrematada conseguindo obter R$ 69,9 milhões.

Com arrecadação menor, o Estado deve receber R$ 322,4 milhões. O valor é a metade do esperado, R$ 665 milhões.

O governador Mauro Mendes (DEM) disse que vê o resultado do megaleilão com preocupação e destaca que o êxito parcial demostra uma desconfiança ou até mesmo uma inviabilidade.

“Apesar do êxito parcial, com a venda de alguns dos lotes, vejo com preocupação. Porque se houveram lotes sem apresentação de proposta significa uma desconfiança com relação aos lotes ou, até mesmo, uma inviabilidade dos mesmos. Nesse momento, o Brasil precisa colocar todos os projetos em marcha para retomada da economia brasileira”, diz áudio encaminhado pela assessoria do governador.

Recentemente, Mauro destacou que o recurso só poderia ser utilizado para quitar o déficit previdenciário do Estado e para realização de novos investimentos. O governador tem reiterado que o governo não consegue pagar os aposentados e pensionistas com a arrecadação previdenciária por mês, sendo necessário acrescentar cerca de R$ 115 milhões para concluir o pagamento.