Exibido em: 19.05.2018

CAIXA DOIS

Vidal: o que esperar de quem já se elege dessa forma?

DA REDAÇÃO

Em entrevista ao programa Conexão Poder, o desembargador Márcio Vidal, presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), revela que em Mato Grosso há 176 ações civis públicas que podem tornar políticos inelegíveis. Quem for julgado e condenado até agosto estará fora das eleições deste ano. Para dar conta do montante, o TRE montou uma força tarefa junto com o Tribunal de Justiça do Estado e o Tribunal Regional Federal, com o objetivo de limpar a pauta. Para o desembargador, o melhor controle ainda é do eleitor, que além de poder escolher candidatos corretos, pode denunciar ilicitudes de forma cada vez mais prática, como pelos aplicativos de celular “Pardal e Caixa Um”. O desembargador ainda opina sobre a necessidade de ter um novo código eleitoral, com maior rigidez para garantir candidatos ficha limpa. “O código eleitoral que está aí é de 1965. Ele já foi todo fatiado de lá para cá e o que você percebe é que sempre em todas as vésperas de eleição quem está no poder não quer perder o poder, então ele faz um remendo, elabora regras de acordo com seu interesse para perpetuar o poder”, criticou.




Programas anteriores

+ Ver todos