Exibido em: 11.02.2020
QUEBRA DE DECORO

Secretário de Mauro volta à Câmara para barrar cassação de desafeto de Emanuel

Conexão Poder

DA REDAÇÃO

O secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo (PSB), que é um dos nomes cotados pelo DEM para ser candidato à Prefeitura de Cuiabá, confirmou ao Conexão Poder, que pode se afastar do governo para voltar à Câmara de Cuiabá, como vereador, em estratégia política para tentar evitar a cassação do vereador Abílio Júnior (PSC).

Gilberto, que é vereador licenciado, fazia parte do grupo de oposição à gestão municipal e foi um dos vereadores que assinou, em novembro de 2017, o requerimento original para a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar o suposto recebimento de propina pelo então deputado estadual Emanuel Pinheiro (MDB), entre 2012 e 2013.

“Eu acho que se for estratégico e necessário vou. Eu fiz parte de um time de oposição e nós trabalhamos em conjunto”, comentou. Ele avalia que a cassação seria excessiva.

A estratégia para manter a oposição na Câmara, segundo Gilberto, será tomada se for considerada necessária. O relatório da investigação parlamentar contra o vereador Abílio será apresentado nos próximos dias e só então o caso será submetido à votação.

Ao Conexão Poder, o secretário ainda destacou que sua filiação ao DEM deve ocorrer em março, mas isso, segundo ele, é independente de ter o nome escolhido, ou não, para disputar a Prefeitura de Cuiabá, pelo Democratas.