Exibido em: 27.05.2018

APOSENTADOS PÚBLICOS

Previdência de MT terá rombo de R$ 3 bilhões em dois anos

DA REDAÇÃO

Em entrevista ao programa Conexão Poder, o secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo, afirmou que em dois anos o déficit previdenciário em Mato Grosso vai chegar a R$ 3 bilhões. "Nós tivemos um crescimento muito grande de gastos com pessoal e de gastos previdenciários. Em 2014 se gastava R$ 400 milhões de dinheiro que arrecada-se do cidadão, de impostos, para pagar aposentadorias do setor público. No ano passado já fechou em R$ 1,1 bilhão e daqui há dois anos essa conta será de R$ 3 bilhões. É uma conta preocupante e não há o que fazer a não ser achar fontes alternativas de financiamento", afirmou Gallo. Segundo ele, a orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para que não seja pago a Revisão Geral Anual (RGA) aos servidores visa respeitar o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para que, justamente, não haja um impacto maior no setor previdenciário. "São pessoas que entraram na década de 1980, em um regime previdenciário que não tinha o equilíbrio atual, e agora estão se aposentando. É direito dessas pessoas se aposentarem. Porém, a conta fica para a atual geração", afirmou. Homem de confiança da gestão de Mauro Mendes em Cuiabá, Gallo evita fazer comparações de Mendes com seu atual patrão, Pedro Taques.




Programas anteriores

+ Ver todos