Exibido em: 18.03.2020
VEJA O VÍDEO

Pré-candidata recebe orientações diárias de Bolsonaro e defende população armada

Coronel Fernanda foi escolhida por Bolsonaro para ser candidata ao Senado em Mato Grosso.

Conexão Poder

DA REDAÇÃO

Elemento surpresa na disputa da eleição suplementar ao Senado, a tenente-coronel da Polícia Militar, Rúbia Fernanda, que foi apresentada pelo Patriota, como Coronel Fernanda, a candidata do presidente Jair Bolsonaro, revela em entrevista ao Conexão Poder, que eles se falam todos os dias e o presidente repassa orientações de campanha diretamente a ela.

A pré- candidata mantém em sigilo o conteúdo da mentoria e argumenta que o segredo faz parte da estratégia.

Apesar da determinação da Justiça para adiar a eleição suplementar, ela diz que se manterá firme na campanha, como uma missão que lhe foi dada.

Na entrevista, Cornel Fernanda comenta sobre a surpresa de ter escolhida pelo presidente como candidata e observa que o cenário eleitoral mudou a partir do anúncio do nome dela na disputa.

Veja a entrevista na íntegra:

01 Comentário(s)

Maria Auxiliadora - 18.03.2020

Olha a quantidade de homicídios em briga de trânsito, de bar, rixa entre vizinhos, de femicidios com arma de fogo e arma branca (usam faças, porretes porque não têm a arma de fogo), 90% deles por motivo fútil e vem essa senhora que se autointitula cristã defendendo mais arma na mão de pessoas que - embora passe por avaliação psicológica - quando se veem questionado ou afrontados recorrem à violência!!! Ao Defender essa ideia absurda, a senhora acha que o “cidadão de bem, cristão e conservador” armado só vai matar diante das excludentes de ilicitude?? Fala isso para as famílias das duas mulheres assassinadas pelos maridos delegados de polícia civil!!!! Uma vergonha, senhora se dizer cristã e defender povo armado. De Políticos carreiristas que jogam para galera composta de falsos cristãos e gente com sangue nos olhos, apenas para ganhar votos, os verdadeiros valores cristãos passam a anos luz de distância.