Exibido em: 11.10.2018

SENADORA DO BOLSONARO

Juíza Selma: Tornozeleira não funciona; o sujeito amarra no cachorro e vai pra rua

DA REDAÇÃO

A juíza Selma Arruda, senadora eleita por MT com mais de 600 mil votos, em entrevista ao Conexão Poder levantou uma polêmica, no mínimo preocupante. A de que as tornozeleiras eletrônicas, criadas para monitorar condenados fora da cadeia, não funcionam. A senadora eleita chamou o assessório de "uma hipocrisia". "O sujeito tira, amarra no pescoço do gato ou do cachorro, deixa trancado em casa e vai pra rua" [cometer crimes], disse. A juíza relembra as polêmicas da campanha e diz que virou massa de pão. "Quanto mais me batiam mais eu crescia", disse. Sobre a polêmica da liberação da posse de armas de fogo, Selma comparaou com a facada que o candidato a presidente Jair Bolsonaro levou na barriga e que quase o matou. "O Bolsonaro não foi vítima de uma facada? Então vamos proibir as facas?", diz. Quanto a ideia de Bolsonaro de que o MST deve ser recebido à bala por fazendeiros, numa tentativa de invasão, Selma se diz a favor. "Eu também digo [que deve receber à bala], o MST é uma organização criminosa", decreta!




Programas anteriores

+ Ver todos