Exibido em: 10.03.2020
"É JAULA!"

Dr. Leonardo: "Coitadismo" detonou o Brasil; lugar de bandido é na cadeia

Deputado federal critica inversão de valores e fala de projetos para extinguir o indulto e aumentar o tempo de prisão, que segundo ele, são difíceis de aprovar.

Conexão Poder

DA REDAÇÃO

Em entrevista ao Conexão Poder, o deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade) detona o ‘coitadismo’ instituído no país a favor de bandidos, o que está gerando inversão de valores e impunidade. Ele defende o aumento do tempo de prisão e a extinção do indulto a presos de todos os crimes.

“Eu acho que a gente não tem que alisar e passar a mão em ninguém. O ‘coitadismo’ desse país fez o país ficar desse jeito”, critica.

No Conexão Poder, ele fala de projetos que ele tenta aprovar na Câmara Federal, mas que são de difícil aceitação dos deputados, que têm medo de ser presos.

“Bom comportamento tem que ser aqui fora. Se o cara matou, ele optou a se afastar da sociedade ao convívio da sociedade. Se ele pegar 12 anos, são 12 anos preso. É jaula! Vá pensar!”, dispara ao argumentar sobre a proposta que extingue a progressão de pena para crimes hediondos.

Na entrevista, ele aponta a necessidade de aumentar o tempo máximo de prisão, atualmente de 30 anos, para até 50 anos e declara ser a favor da castração química em casos de pedófilos e maníacos.

Veja a entrevista na íntegra: