Exibido em: 25.03.2020
EFEITO PANDEMIA

Crise geral pode aumentar violência e gerar onda de saques e roubos

Analista comenta o panorama das crises causadas pelo coronavírus em MT e no Brasil.

Conexão Poder

DA REDAÇÃO

O consultor político e educacional, João Edisom comenta em análise ao Conexão Poder, sobre o cenário dos prejuízos causados pela pandemia do coronavírus, que além da crise no setor da saúde e da crise econômica, os mato-grossenses e demais brasileiros podem enfrentar uma crise na segurança pública, já que a falta de dinheiro circulando pode aumentar a criminalidade.

“A crise da saúde leva fatalmente à crise econômica. Não tem jeito e a crise econômica gera uma crise política. Depois que passar a pandemia o mundo vai ser outro. Aí entra a questão da violência. Quem está à margem disso vai optar pelos saques, os roubos, os assaltos. Estamos num país que tirou a arma do bom cidadão e só deixou o vagabundo com a arma na mão. Então vamos ter problemas seríssimos na frente de violência. Isso é fato real vai ser um problema seríssimo”, declarou.

Sobre as medidas de restrição ao funcionamento de determinados estabelecimentos, o analista aponta que é importante estabelecer um entendimento geral e que ‘afrouxar’ essas medidas pode sim aumentar o número de casos, estendendo asism o tempo da crise no Estado e país.

Ele destaca ainda que os governantes têm tomado boas ações, mas critica que muitos políticos têm tentado tirar vantagem da situação para se promover e futuramente conseguir a reeleição. “inclusive o presidente Jair Bolsonaro”, assevera.

Neste momento, ele destaca que é preciso maior união política.

01 Comentário(s)

ricardo - 28.03.2020

A OMS “recomenda” e não “decreta” o Isolamento Social como governadores e prefeitos. Isolamento social =FIQUE EM CASA. Voce tem algum motivo imprescindivel para sair de casa, se não for indispensavel não saia. (ex: vou comprar um carro; uma camisa; um perfume; um shampoo – nada disso é vital, pode aguardar alguns meses para adquiri-los. Vou comprar remédio – não precisa sair de casa pois a farmácia faz a entrega domiciliar. Vou almoçar no restaurante- não é necessidade relevante pois voce pode fazer em casa, e etc..). Logicamente se todos seguirem o Isolamento Social proposto pelos cientistas e médicos, gradualmente os comércios não essenciais interrompem ou diminuem as atividades. É esse o motivo das propostas de ajudas economicas dos governos em todo o mundo. A interrupção gradual da economia em consequencia do Isolamento Social FACULTATIVO da população. Toda a população,mais cedo ou mais tarde, vai contrair o virus COVID-19. A função da recomendação do Isolamento Social é para qua o virus seja transmitido de maneira mais lenta ao longo do tempo e não sobrecarregar o sistema de saúde. Ex. Um milhão de infectados em um mês sem o isolamento social facultativo, ou um milhão de infectados ao longo de nove meses com o isolamento social facultativo. Com os governos estaduais e municipais DECRETANDO o fechamento de todo comércio não essencial uma avalanche de ações judiciais contra os cofres públicos estaduais e municipais irão se avolumar na justiça, além do que é impraticavel manter a economia parada ao longo de nove meses ou mais. É uma questão de consciência pessoal, não pode ser imposta pelo governante.