Exibido em: 12.01.2020
VEJA NOMES

Analistas apontam 3 com maior chance de vencer eleição ao Senado

Conexão Poder

DA REDAÇÃO

Dos aproximadamente 18 pré-candidatos ao Senado, em eleição suplementar, que ocorre este ano, os que têm maiores chances de conquistar a cadeira, que fica vaga com a cassação da juíza Selma Arruda, são o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), o ex-senador Cidinho Santos (PL) e a chefe do Procon-MT, Gisela Simona (Pros), indica análise do cenário político de 2020, comentada no Conexão Poder.

No programa, comandado pelo jornalista André Michells, os especialistas em marketing político, João Pedro Marques e João Edisom, comentam sobre o perfil conciliador e o respaldo político, que Botelho e Cidinho têm e o diferencial eleitoral representado por Gisela. A bancada do Conexão Poder também pontua os pontos fracos dos demais possíveis concorrentes.

Botelho, se consolidou como revelação política no quesito de ser o pacificador entre os poderes e Cidinho, que era suplente de Blairo Maggi e foi a maior parte do mandato dele, ocupando a cadeira no Senado, conquistou grande trânsito político e empresarial, assim como no agronegócio, onde entra com as ‘bençãos de Blairo’. Já Gisela, por atuar junto aos consumidores, possui perfil de maior proximidade com o eleitorado. Entre diversas características que a beneficiam na disputa está o fato de não ter exercido mandato político, o que a deixa sem rejeição.

Outro fator apontado no Conexão Poder é que esta eleição deve despertar pouco interesse do eleitorado e somado ao grande número de concorrentes, Mato Grosso pode eleger um senador com pouco mais de 100 mil votos.

Veja o vídeo:

01 Comentário(s)

Adriano - 12.01.2020

Gisela sim é a mudança eu e mi há família votamos nela